Multiplas Vozes

Edição N.125

Multiplas Vozes

Quem tem medo da Ouvidoria de Polícia de São Paulo?

A Ouvidoria está sem Ouvidor. Uma série de imbróglios na esteira do processo eleitoral fez com que não houvesse a nomeação de um novo ocupante para o cargo

Isabel Figueiredo

Edição N.124

Multiplas Vozes

Racialização, xenofobia e cultura do empregador que tudo pode

As estratégias de não enfrentamento do racismo estão sempre a negar os fatos racializados. Isso alcança a imprensa, os Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, bem como toda a estrutura de educação nacional

Martim Cabeleira de Moraes Júnior

Linchamento de Moïse Kabagambe: retrato de um país racista e xenófobo

Depois de tanta dor e violações, o mínimo que o Brasil deve a Moïse, à sua família e à sua comunidade é solidariedade, respeito e direito à Justiça

Ariadne Natal

Edição N.124

Multiplas Vozes

A violência estrutural em uma sociedade desigual: o assassinato de Moïse Kabagambe

Seria esse um dos resultados padrões a se esperar de uma festejada reforma trabalhista incentivadora da negociação direta entre patrões e empregados em um país socialmente tão desigual e excludente quanto o Brasil?

Renato Zerbini Ribeiro Leão

Edição N.124

Multiplas Vozes

ADPF 635: uma dose de reforço necessária

Com a aprovação liminar da ADPF, o impacto no número de mortes pôde ser constatado: no período de junho a setembro de 2020, o estado atingiu 191 mortes; no mesmo intervalo, em 2019, haviam sido computadas 675 - uma redução de 71,8%

Jonas Silva Pacheco

Edição N.123

Multiplas Vozes

O medo e a qualidade da vida urbana

Priorizar o enfrentamento dos grupos criminosos é um equívoco. Além de pouco efetiva, essa política só aumenta o sentimento de insegurança em meio à sociedade

Arthur Trindade M. Costa

A saúde mental dos policiais penais merece atenção

Não basta construir presídios e realizar concursos para policiais penais. A qualificação e valorização desses profissionais é imprescindível. Nesse sentido, o cuidado com a saúde mental deve merecer atenção especial

Luis Flavio Sapori

O cardápio de praxe: “Cidade Integrada” ao molho de dèjá-vu

É preciso pactuar com o governo e o parlamento local regras de transição que possibilitem uma integração factível da favela com o restante da cidade formal, se esse é realmente o objetivo do “novo plano” do governo estadual

Robson Rodrigues da Silva

Edição N.122

Multiplas Vozes

Monitor do Uso da Força na América Latina inova no uso de indicadores

Constituem inovações importantes do Monitor o uso híbrido de fontes oficiais e dados obtidos pela imprensa, bem como a construção de indicadores mais robustos

Dennis Pacheco

O que está por trás do aumento dos feminicídios no Brasil?

É necessário que, em todos os estados do país, os policiais civis estejam capacitados para identificar casos de feminicídio, fazendo a distinção entre esse tipo específico de crime e um homicídio doloso simples, que não envolva alguma das situações descritas pela Lei 13.104/2015

Isabela Sobral

Edição N.122

Multiplas Vozes

A violência armada de Pernambuco tem solução

É fundamental que se invista em ações de inteligência para corrigir problemas como os da Polícia Civil do Pernambuco, onde faltam policiais e as delegacias até fecham mais cedo por falta de efetivo

Cecília Olliveira

Edição N.121

Multiplas Vozes

Há futuro para o Rio?

No relatório anual do Instituto Fogo Cruzado de 2021, foram mapeados 4.653 tiroteios na Região Metropolitana do Rio. O dado registra estabilidade em relação ao ano anterior (4.585), mas o número de mortos cresceu 21%. Com a atenuação da pandemia, a violência armada voltou a aumentar

Maria Isabel Couto

Newsletter

Cadastre e receba as novas edições por email

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

EDIÇÕES ANTERIORES